Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Login

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Bancos Alimentares em nova campanha de recolha de alimentos este fim-de-semana

BAO arquivo

Decorre ao longo deste fim-de-semana mais uma campanha promovida pelos Bancos Alimentares Contra a Fome, que na nossa região é concretizada pelo Banco Alimentar do Oeste nos concelhos de Alcobaça, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lourinhã, Nazaré, Óbidos e Peniche.

Tal como ocorreu em anos anteriores, a campanha de recolha de bens alimentares nos supermercados das suas zonas de abrangência tem como objectivo ajudar as famílias portuguesas que se vêm a braços com grandes carências alimentares. O BAO apela à população a participar nesta campanha de grande mobilização da sociedade civil onde, “com pequenas contribuições individuais, se consegue alcançar um todo muito significativo que permite apoiar um grande número de pessoas e famílias que de outro modo ficariam bastante desprotegidas”.

Os voluntários do BAO estão devidamente identificados, com a t-shirt do Banco Alimentar, disponibilizando os sacos com o logotipo do Banco Alimentar, à porta de cada superfície comercial que colabora com esta acção, convidando os oestinos a aliarem-se, uma vez mais, a uma causa já conhecida por todos que é destinada a auxiliar aqueles que mais precisam de nós.

A par da recolha realizada nos supermercados, porque o que é pretendido é que todos possam ser voluntários nesta causa, o Banco Alimentar Contra a Fome disponibiliza ainda, outras possibilidades de doar alimentos, como é o caso da campanha ‘on-line’, que decorre de 23 de Maio a 2 de Junho, com toda a comodidade poderá aceder ao site www.alimentestaideia.net, e ajudar igualmente, nesta causa solidária. Para além desta possibilidade, pode ainda ajudar através de vales alimentares disponíveis nas caixas dos supermercados, que são pagos no acto da compra e posteriormente, convertidos, nos alimentos respeitantes ao código de cada vale, ou seja, esta é “uma ajuda que não pesa mas vale”. Esta campanha decorre na mesma altura que a campanha ‘online’, ou seja, de 23 de Maio a 2 de Junho.

Os Bancos Alimentares Contra a Fome alertam para a relevância do contributo da sociedade civil portuguesa para esta causa, devido à situação socioeconómica com que se debate um ainda elevado número de famílias.

Texto: ALVORADA
Fotografia: Sofia de Medeiros/ALVORADA (arquivo)