Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Automobilismo: Rally de Lisboa adiado para 22 e 23 de Outubro

Rally de Lisboa 1

Está confirmada a realização do Rally de Lisboa para os próximos dias 22 e 23 de Outubro, anunciou hoje a Comissão Organizadora do CPKA - Clube de Promoção de Karting e Automobilismo, após ter obtido a confirmação da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK). A competição estava prevista realizar-se neste último fim-de-semana, dias 26 e 17, mas acabou por ser adiada devido às restrições de saúde pública na Área Metropolitana de Lisboa.

Recorde-se que esta competição automobilística, que vai também passar por vários concelhos da zona Oeste, incluirá o regresso dos automóveis de ralis à Serra do Montejunto, após vários anos de interregno de provas oficiais.

A organização da prova, em comunicado, destaca a articulação que foi feita com os vários municípios envolvidos e a federação do sector, que permitiu “num curto espaço de tempo reagendar a nova data do Rally de Lisboa”. Em comunicado, é destacado que, com a nova data da competição, “ainda se pode beneficiar do fuso horário de Verão, no actual contexto muito complicado em que a FPAK se encontra, que é a de conseguir encaixar nos meses de Outubro, Novembro e Dezembro, as provas que presentemente estão a ser adiadas devido ao agravamento da pandemia em Portugal e em particular a situação mais grave, que é Lisboa e Vale do Tejo, de momento a região de Portugal mais afectada”.

O CPKA - Clube de Promoção de Karting e Automobilismo agradece ao Clube Automóvel do Sul, “que aceitou mudar a data do Rally do CAS”, bem como à FPAK “toda a colaboração”, para que o Rally de Lisboa possa beneficiar desta nova data, “que actualmente é a melhor possível”, bem como “a todos os municípios e parceiros a colaboração e confiança após esta sempre difícil, mas responsável decisão que teve que ser tomada”.

Texto: ALVORADA com agência Lusa
Fotografia: Direitos Reservados