Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Login

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Região Oeste continua mais um ano no ‘Top’ 100 de Destinos Sustentáveis do Mundo

Carlos Bernardes

A OesteCIM - Comunidade Intermunicipal do Oeste voltou, a par de Torres Vedras e as Serras do Socorro e Archeira, a ganhar o direito de figurar por mais um ano no Top 100 de Destinos Sustentáveis do mundo. A distinção foi anunciada esta quinta-feira, na Croácia, durante os ‘Global Green Destinations Days’, uma competição organizada por 12 instituições internacionais que, desta forma, pretende evidenciar casos de sucesso e boas práticas ambientais que promovem o turismo sustentável quer para os visitantes quer para as próprias comunidades.

A decisão da organização em incluir a nossa região neste ‘ranking’, pelo segundo ano consecutivo, deve-se ao facto dos 12 concelhos que integram a OesteCIM “promoverem o desenvolvimento sustentável e a qualidade de vida”. As praias limpas e a qualidade das águas balneares, sendo que 16 são acessíveis a pessoas com mobilidade reduzida e, ainda, 87% do território oestino não ser construções, foram outras razões que justificam este galardão. Por outro lado, a existência de áreas naturais protegidas (Reserva Natural das Berlengas e Área de Paisagem Protegida do Montejunto, por exemplo), possuir o maior canhão subaquático da Europa (ao largo da Nazaré) e uma herança cultural distinta através de muitos museus e edifícios históricos bem restaurados, incluindo o Mosteiro de Alcobaça (Património Mundial da UNESCO), foram outros dos argumentos revelados pela organização para a atribuição do galardão.

O Município de Torres Vedras revelou em comunicado que o presidente do executivo camarário, Carlos Bernardes, marcou presença no evento que teve lugar na cidade croata de Mali Losinj. No âmbito de um dos painéis dedicados a comunidades e cultura, o autarca torriense apresentou o trabalho desenvolvido em torno do projecto de valorização do Castro do Zambujal, “afirmando-se como um dos exemplos em que o turismo contribui para a conservação do património”.

Para além do Oeste e do concelho de Torres Vedras, em particular, integram igualmente o Top 100 de Destinos Sustentáveis do mundo, outros locais portugueses: Águeda, Açores, Cascais, Lagos, Sintra e a Comunidade Intermunicipal do Alto Minho, que, desta forma, completam a representação nacional neste ‘ranking’, que celebra os esforços desenvolvidos pelos destinos turísticos em torno do turismo responsável e sustentável. Neste âmbito, sublinhe-se que a cidade anfitriã recebeu a distinção de prata atribuída pela organização anfitriã ‘Green Destinations’.

Segundo um comunicado da edilidade torriense enviado ao ALVORADA, a organização do encontro sublinhou que as emissões de carbono dos visitantes não estão a ser consideradas no âmbito da competição, uma vez que não existem dados necessários para essa ponderação. A ‘Green Destinations’ alerta, no entanto, para a importância de viajar com responsabilidade, compensando as emissões de carbono e incentivando o turismo de permanência.

Texto: ALVORADA
Fotografia: Direitos Reservados