Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Login

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Victor Emanuel Barão Reis

Caro director,

Os meus votos sinceros de bem-estar para todos os elementos do jornal ALVORADA. Tal como participei à vossa redacção a notícia da promoção do saudoso Coronel António Henriques Rebelo em 2001, à qual presenciei no Pentágono em Washington DC, é com particular alegria e satisfação que agora participo outra notícia. Dado ter raízes da Lourinhã penso ser motivo de regozijo para todos os lourinhanenses na Lourinhã e do concelho, assim como os espalhados em todos os cantos do mundo, a notícia do facto que Victor Emanuel Barão Reis, nascido em Yorktown Heights, Nova Iorque, graduou-se em Great Lakes, em Chicago, no passado dia 20 de Setembro de 2019.

Após acabar o liceu com honras de ‘Arista’ e ‘Honor Student’ pelo ‘Yorktown High School’ e ser ‘Boces Ambassador’ para estudantes chineses, um dos 16 escolhidos entre 1200 alunos, Victor Emanuel representou a sua escola em ‘Le Cross’ e, como jogador de basebol, até foi alcunhado por ‘Victor the Hit Machine’ com a sua precisão na bola com o seu ‘bat’ ou taco de basebol.

Escuteiro desde os 6 anos de idade, escreveu para a Casa Branca com 7 anos e recebeu uma carta e foto que foi assinada do Presidente dos Estados Unidos da América Barack Obama. Sempre demonstrou interesse por ciências políticas, história, arquitectura e engenharia.

Baptizado no Bom Jesus do Carvalhal e fervoroso católico recebeu o nome de Francisco no Crisma no ‘St Patrick's Church’ em ‘Yorktown Heights’, Nova Iorque. Victor de nome, em homenagem ao seu bisavô, Victor Lino José dos Reis, o ‘Ferrador da Vila’.

Dado gostar de pesquisar e ser amante de história Luso Americana, fez um estudo/trabalho sobre Peter Francisco, o ‘Hércules da Revolução’, português, açoreano da Ilha Terceira, que foi um braço direito de George Washington e o qual mandou fazer uma espada na Escócia para ele, e o intitulou ‘Um homem, um exército’ dado carregar até um canhão nos seus próprios ombros para não cair nas mãos dos ingleses. O ‘gigante da Virgínia’, como também é conhecido, com 120 kg de peso e quase dois metros de altura, foi em 1776 um factor que, segundo George Washington, fez a diferença entre a vitória e a possível derrota. Infelizmente é desconhecido da maioria dos portugueses, mas não do Victor Emanuel que até tem visitado os seus monumentos em diferentes cidades na costa Este dos EUA.

Após completar o 11º ano, Victor Emanuel fez parte da USNAVY, jurou bandeira e durante o 12 ano recebeu instrução em Peekskill NY, bimensalmente, para a preparação da sua entrada em Great Lakes, Chicago, e fazer recruta. Em 22 de Junho foi graduado na ‘Yorktown High School’ e, no dia 18 de Julho de 2019, seguiu para Great Lakes onde começou o seu ‘Boot Camp’ ou recruta. Após a sua graduação, no dia 20 de Setembro de 2019, o Victor Emanuel ficou em Chicago para tirar o GTSME (Gas Turbine Systems Mechanical Engineering). Desde os 8 anos estudou música com aulas semanais, tocando guitarra elétrica desde então. Gosta de pintura, tendo alguns dos seus quadros sido expostos numa galeria em Garrisson, Nova Iorque.

É com particular honra e alegria que aqui vos partilho esta notícia, pois além de ser meu filho, tem raízes da Lourinhã e recordações dela e da sua avó Maria José, tios e primos.

Luís Filipe Reis